TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO: PERIGO OU DESAFIO?

A interpretação marxista e a concepção cristã do homem

A advertência de Paulo VI continua ainda hoje plenamente atual: através do marxismo, tal como é vivido concretamente, podem-se distinguir diversos aspectos e diversas questões propostas à reflexão e à ação dos cristãos. Entretanto, « seria ilusório e perigoso chegar ao ponto de esquecer o vínculo estreito que os liga radicalmente, aceitar os elementos da análise marxista sem reconhecer suas relações com a ideologia, entrar na prática da luta de classes e de sua interpretação marxista sem tentar perceber o tipo de sociedade totalitária à qual este processo conduz ».

É verdade que desde as origens, mais acentuadamente porém nestes últimos anos, o pensamento marxista se diversificou, dando origem a diversas correntes que divergem consideravelmente entre si. Na medida, porém, em que se mantêm verdadeiramente marxistas, estas correntes continuam a estar vinculadas a um certo número de teses fundamentais que não são compatíveis com a concepção cristã do homem e da sociedade. Sagrada Congregação para a Doutrina da Fé – Instrução Libertatis nuntius, sobre alguns aspectos da “ Teologia da Libertação” – Capítulo VII – A análise marxista - 06/08/1984



Mateus 11:28-30

"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve".



Nosso endereço

Matriz Sagrado Coração de Jesus
Praca Cav. Virgilio Lunardi, s/n - Vila dos Lavradores - Botucatu- SP
Fone:(14) 3882-0297
Email:secretaria@scjbotucatu.com.br
Link: www.scjbotucatu.com.br

© 2018, SCJ-Botucatu